O poder e a mística do Carvalho
 
 
GRUPO SUDATI
 
 
O poder e a mística do Carvalho
Tendências    17.05.2022

O poder e a mística do Carvalho

O carvalho é um grande clássico da decoração. Disponível em vários tons, ele compõe todo tipo de ambiente, da cozinha ao escritório, se adaptando sempre com muita classe aos mais diferentes materiais e temperaturas de cor. É uma escolha segura para ambientes tradicionais e muito elegante para espaços mais contemporâneos.


Sabemos que motivos não faltam para escolher o MDF Carvalho, mas você já fez essa escolha pensando na simbologia que ele carrega? Muito além de uma árvore milenar, essa espécie é repleta de significados e tem grande importância na História.

Um simples olhar é suficiente para compreender por que essa árvore é capaz de despertar o encanto e a imaginação de quem vive ao seu redor: imponente e majestosa, com enormes galhos retorcidos, ela é capaz de atingir mais de 40 metros de altura e a mesma medida em diâmetro. Essa proporção gigante, por si só, já é capaz de causar impacto e fascínio. Vivendo até 2 mil anos, ela produz uma das madeiras mais fortes e duráveis do mundo. Daí seu significado mais óbvio: o da resistência e longevidade.

 

Sua madeira deu origem a móveis de luxo, barris para envelhecer as melhores bebidas e navios super resistentes que protagonizaram a supremacia da Marinha britânica do final do século XVII até meados do século XX.

É poético imaginar, no entanto, que tudo isso se inicia com uma pequena bolota, fruto que só nasce após os primeiros 50 anos de vida do carvalho e que possui apenas uma semente. Dela, existe a chance de brotar uma raiz que irá fixar a árvore para toda a sua vida.  
 

Para muitos povos antigos, o carvalho era considerado sagrado, visto como um meio de contato entre Céu e Terra, devido ao seu poder de atração de raios. Para os Gregos, era a árvore de Zeus (seu principal deus) e centro do seu oráculo (o carvalho respondia às questões por meio do ruído das suas folhas e dos pássaros que nele habitavam). Para os Germânicos, era a árvore do deus do trovão, Thor, assim como para os Eslavos (deus Perun) e Lituanos (deus Perkuns). Era ainda a árvore sagrada dos celtas, cujos sacerdotes (druidas) reuniam-se em bosques de carvalho. Outros deuses como Júpiter, Héracles, Dagda, Yahweh e Alá também eram associados ao carvalho. A árvore aparece inclusive em passagens bíblicas: Abraão morava e recebeu as revelações de Deus próximo a um carvalho.

Presente em praticamente todas as religiões, tradições esotéricas e mitologias, o carvalho sempre simboliza o bem e a virtude. Os rituais com carvalho são associados à vitalidade, limpeza, atrações positivas, proteção, prosperidade, cura, desenvolvimento da intuição e das habilidades intelectuais. Independente da crença, a sua simbologia é, de fato, muito forte e profunda. 

Diz-se que nas florestas de carvalho o fantástico acontece. Certamente o Rei das Árvores inspirou muitos artistas e abasteceu lendas populares pela Europa e por todo o mundo. 

 Obra: Chuva em uma floresta de carvalhos, 1891, por Ivan Shishkin.

O carvalho atrai e é uma das poucas árvores capazes de resistir a raios, sendo assim um símbolo de poder. Mas talvez um dos seus significados mais belos e contemporâneos seja o de força moral e resiliência: sobrevivendo às mais intensas adversidades durante centenas ou até milhares de anos, o carvalho nunca se revolta nem desiste, procura se fortalecer e superar cada temporal ou obstáculo, adquirindo formas únicas e desproporcionais, como cicatrizes que mostram sua trajetória de luta e persistência. No âmbito espiritual, é visto como símbolo de resignação diante de Deus.

 

Tudo fica mais poético e interessante quando conhecemos a história e a simbologia por trás das nossas escolhas. Gostou de conhecer um pouco mais sobre o carvalho? Compartilhe e inspire mais pessoas a pensar em projetos com profundidade e significado!

 
COMPARTILHE
 
 

Cadastre-se em nossa Newsletter e receba novidades.